Menu Content/Inhalt
Início seta Artigos e Notícias seta Guarda seta A Importância do Drive de Luta nos trabalhos de procura.
A Importância do Drive de Luta nos trabalhos de procura. PDF Imprimir E-mail

Copyright 2001 Ed Frawley 

Você sabe me dizer por que o drive de luta é tão importante nos trabalhos de “procura” dos cães K9?

Eu sinto que é importante que os novos condutores entendam as sutilezas entre como um cão em drive de luta e um cão em drive de rapina vê esse trabalho.  Também é importante que as pessoas compreendam que há um grande número (provavelmente a maioria) de cães policiais que realizam o trabalho de procura somente no drive de rapina. Isto está errado.

Ed Frawley
Ed Frawley - Julho 2005 - Em casa com seus três cães - Rainy, Morgi e CJ

Existem dois drives que deverão atuar no trabalho de procura - DRIVE DE RAPINA (DR) e DRIVE DE LUTA (DL).  Através da formação adequada, um cão usa DR para encontrar o odor de um suspeito escondido, tão logo o odor é encontrado um cão deve mudar de drive e ir para DL.

Se o cão tem bons DL ele está mais inclinado a indicar no odor.  A razão é simples, ele vê o figurante (ou o suspeito) como um parceiro de luta e quando o cão começa a sentir o cheiro de alguém, ele começa a pensar que terá que lutar, e terá aprendido que, ao latir, estará chamando o condutor para ajudá-lo a lutar. É como se o cão dissesse: "Parceiro - Achei o suspeito aqui... Venha me ajudar a cuidar dos negócios."

O latido do cão em DL é um latido mais profundo, mais defensivo - embora haja uma diferença entre um latido de defesa e um latido de DL.  O latido de DL tem mais seriedade e mais confiança.
Um cão que só funciona no drive de rapina não olha para o odor do suspeito escondido da mesma forma como um cão com drive de luta faz. Ele vê o condutor com outro elemento também com grade rapina e cães não gostam de compartilhar suas presas. A razão do latido é tentar colocar a presa em movimento ou fazê-la correr, para que possam capturá-la, não porque eles estão chamando seu condutor (parceiros) para ajudar.

Cães em rapina não gostam de dividir suas presas, mesmo em uma matilha de lobos a presa é dividido de acordo com a posição dentro do grupo.  Com os membros inferiores do grupo ficando as partes menos “preferidas” da presa. Esta é uma razão pela qual cães de polícia ou esporte baseados em drive de rapina são mais difíceis de controlar, em obediência ao homem - eles simplesmente não querem compartilhar.

Anos atrás, no início dos anos 1970 e 1980, uma tonelada de cães vindos da Europa, saíram dos campo de treinos com a promessa de morder o inferno, com exceção dos condutores.  Instrutores e tratadores ficaram muito impressionados com a intensidade desses cães. O problema era que a grande maioria dos cães eram cães de grade rapina, que se tornaram quase impossível de controlar, em obediência.  Essa intensidade foi uma das principais razões pelas quais eles tinham tantos problemas com o comando FICA.  Um cão em DR não gosta de desistir de sua presa. Isto é provavelmente a razão pela qual estes cães foram vendidos na primeira oportunidade.

Este é um dos “MAIS IMPORTANTES" conceitos que precisam entrar na cabeça dos novos adestradores.  Eles precisam aprender a treinar um cão para trabalhar em DL. O problema é que as maiorias dos instrutores de cães policiais sequer sabem como fazer isso corretamente.

Artigos e Notícias - Guarda
Escrito por Ed Frawley - Tradução Canil Jotinha S.M.   
18-Sep-2009
------------------------------------------------------------------------------------
< Artigos Anterior   Próximo Artigo >